Equinócio Hospitalar | Artigos


Ômega 3 e 6

Publicado em por Igor C.S.

O ômega 3 e o ômega 6 são ácidos graxos poliinsaturados obtidos por meio da dieta ou produzidos pelo organismo a partir dos ácidos linoléico e alfa-linolênico, encontrados em peixes de água fria (arenque, salmão, atum, sardinha, bacalhau), óleos vegetais, sementes de linhaça, nozes e alguns tipos de vegetais.

Além de seu papel nutricional na dieta, o ômega-3 é primordial para formação das membranas celulares e manutenção do equilíbrio das funções orgânicas, auxiliando na redução dos níveis de triglicerídeos e colesterol total e na prevenção e tratamento de uma variedade de doenças, incluindo doenças do coração, câncer, artrite, depressão e Alzheimer.

Os ômega 6 participam da estrutura de membranas celulares, influenciando a viscosidade sanguínea, permeabilidade dos vasos, coagulação sanguínea, pressão arterial, reação inflamatória e funções plaquetárias.

Os ácidos graxos ômega 3 e ômega 6 devem ser consumidos na proporção de 2:1 a 4:1 para que o efeito benéfico dos mesmos seja alcançado. Indica-se o consumo de 1 a 4g por dia de ômega 3.

 
 
Leia mais sobre estes e outros alimentos funcionais no Portal Nutrição em Foco!